Quais nutrientes posso encontrar no gengibre?

0
Quais nutrientes posso encontrar no gengibre

O conhecido Gengibre (Zingiber officinalis) é um rizoma há muito reputado por suas propriedades medicinais, dos quais os povos da China e Índia o utilizam por mais de 3000 anos como um antiemético, digestivo, antiinflamatório, tônico, estimulante do apetite e muitos outros usos tradicionais dentro das culturas orientais.

O Gengibre detém uma presença bem antiga junto aos povos orientais, donde íntegra até hoje a culinária e as medicinas tradicionais - como a Chinesa, Ayurvédica e a Unani.

CURIOSIDADES: o nome científico do Gengibre deriva do sãnscrito, na qual Zingiber advém do grego Zingiberis e que por sua vez de Singabera ou Sringavera. Em suma significa "em forma de chifre", pois que isso alude à forma de seus rizomas e aqui cabe destacar que em alguns casos chega a ter um estrutura antropomórfica, o que sugere ser associado à saúde humana.

O Gengibre "tradicional" não deve ser confundido com uma versão negra, pois que esta é uma espécie totalmente diferente (Kaempferia parviflora), embora ambas sejam notabilizadas para usos fitomedicinais. Por fim vale esclarecer que o Gengibre é um parente próximo da conhecida Cúrcuma ou Açafrão da Terra (Curcuma longa), pois que integram a mesma família Zingiberacea.

Embora também seja muito bem estabelecido como um tempero, uma especiaria de sabor muito peculiar (eu diria que parece uma mistura de menta + pimenta), seu consumo in natura ou em conservas, como o Shoga Gari, não deixam dúvidas de que é um alimento digno do consumo humano. Segundo os artigos científicos que elucidam os valores nutricionais do Gengibre, temos as seguintes cifras médias para cada 100g de seu rizoma seco:

  • Proteínas = 5,08g
  • Gorduras = 3,7g
  • Carboidratos = 38,3g
  • Açúcares = 1,7g
  • Ácido Ascórbico = 9,33mg
  • Carotenóides = 79mg
  • Cálcio = 88,4mg
  • Ferro = 19,8mg
  • Magnésio = 214mg
  • Manganês = 9,13mg
  • Zinco = 0,92mg
  • Cobre = 0,545mg
  • Fósforo = 168mg
  • Potássio = 1320mg
  • Sódio = 27mg

Isso nos mostra que o Gengibre é mesmo um vegetal digno de ser integrado às saladas, a despeito do seu típico ardor (tecnicamente se designa pungência) que é do agrado de alguns e ainda sim cabe enfatizar que se trata de um alimento funcional. Há além de suas fibras, vários compostos fenólicos além dos Gingeróis e Shogaóis que lhe causam o sabor ardido, como os Carotenóides supra citados, flavonóides, óleos essenciais e taninos, compondo um pool que justifica suas múltiplas ações salutares.

Se alguém desejar saber mais detalhes científicos desta notória especiaria do oriente, eu sugiro os artigos a seguir:

  1. Benefícios do gengibre, para emagrecer rápido
  2. Chá de gengibre para emagrecer: receitas e como usar

Postar um comentário

0Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados pelo administrador.
Postar um comentário (0)

#buttons=(Aceitar e fechar ) #days=(20)

Para melhorar a sua experiência no site utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios. Clique em Aceitar e fechar. Saiba mais
Accept !
To Top